Setor de franquias em educação registra crescimento acima de 6% no último trimestre

Publicado em 23/08/2019 por Imprensa

Levantamento divulgado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) indica desempenho acima da média no setor, que faturou cerca de 9% a mais no segundo trimestre deste ano

Um estudo realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) registra aumento significativo de unidades no setor de franquias por todo o país, destacando o setor de educação, com crescimento de 6,5% em unidades abertas no segundo trimestre deste ano, se comparado com o ano anterior, conforme o Diagnóstico Setorial de Educação 2019. Parte deste percentual se deve às franquias em educação de idiomas, que mesmo em meio à crise econômica do país, encontra-se com forte demanda. A rede de escola de idiomas inFlux English School apresentou crescimento de 20% no número de novas unidades do ano passado até o final do primeiro semestre de 2019, com um lucro estimado em 30% em relação ao ano anterior e faturamento de 380 milhões de reais.

De acordo com o gerente de expansão da companhia, Fábio Medeiros, "a inFlux visa não só crescimento em unidades, mas a excelência nos serviços prestados, que gera satisfação tanto aos novos franqueados da marca, quanto ao público final, consumidor da metodologia de ensino".

A rede de idiomas de origem paranaense que hoje figura entre as melhores escolas de inglês e espanhol do Brasil, conta com mais de 150 unidades, divididas em 18 estados e o Distrito Federal, atingindo todas as localidades, desde região metropolitana, central e interior. "Enxergamos um cenário favorável para novos negócios no Brasil, com uma margem de 30 novas unidades em processo de implantação ao ano, um crescimento de aproximadamente 15%", finaliza Medeiros.

Do ano passado para cá, a inFlux expandiu a marca nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Brasília. Conforme pontua Medeiros, o crescimento da rede revela a procura pelos serviços de idiomas, mesmo diante da crise econômica brasileira atual, visto as possibilidades que um segundo idioma pode oferecer no mercado de trabalho, considerado cada vez mais rígido e exigente. Para tornar-se um franqueado da rede, o investimento gira em torno de 200 mil reais, somando um capital de giro médio de 50 mil reais mensais e uma expectativa de retorno do valor investido de 18 a 24 meses.

As escolas oferecem atualmente módulos voltados para as mais diversas idades, sendo o Kids Course indicado para crianças de 6 a 9 anos, inFlux Junior, período de 10 a 12 anos, Regular Course Teens, para o público adolescente e o Regular Course Adults, além do curso de Espanhol.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de idiomas , Franquias de educação , InFlux