Seguralta chega a 1146 unidades e se torna a 12ª maior rede de franquias do Brasil

Publicado em 23/01/2019 por Imprensa

Com três modelos de franquia, a rede saltou da 17ª para 12ª posição no ranking da ABF – Associação Brasileira de Franchising divulgado nesta terça-feira, dia 22

Com meio século de história, a Seguralta está entre as 15 maiores redes de franquia do Brasil. Atualmente, com 1146 unidades em operação, a rede de corretores é a maior do seu segmento e soma um faturamento anual consistente na casa dos R$300 milhões anuais. Sob a gerencia dos irmãos Reinaldo e Luis Gustavo Zanon, a Seguralta cresceu 25% em faturamento em 2018.

O negócio começou quando os irmãos olharam para a antiga corretora da família, que estava em uma situação difícil e acumulava R$300 mil em dívidas e a transformaram na rede de franquias que conhecemos hoje. A Seguralta é a líder e pioneira de seu segmento. Em média, a rede abre cerca de 100 unidades por semestre. Um crescimento muito acima da média das redes brasileiras.  

“O crescimento da Seguralta é resultado de um trabalho de expansão sólido e da credibilidade da marca no mercado de franchising e seguros. Estamos muito felizes com nossa escalada no ranking das maiores redes brasileiras e nossa meta é crescer ainda mais. Estamos muito otimistas neste ano e projetamos crescimento na casa dos 40% neste ano”, comenta Reinaldo Zanon, CEO da Seguralta.

Um dos segredos para expansão rápida está nos modelos simplificados de negócios que a rede oferece. São três – Home Office, Basic e Standard - que tem investimento entre R$25mil e R$120 mil e foram projetados para atender as necessidades do franqueados de maneira rápida e eficiente. A rentabilidade da rede é de 10% a 15% e o faturamento médio mensal varia entre R$ 50mil e R$100 mil conforme o modelo de negócio.

“Mesmo com o país passando por uma crise, crescemos consistentemente tanto em novas unidades como também na performance das franquias que estão em funcionamento. Trabalhamos duro junto com os franqueados para que isso seja possível”, explica Luis Gustavo Zanon.

Conheça os modelos de negócios

No modelo Home Office da Seguralta, o novo franqueado recebe todo o treinamento padrão e suporte operacional da rede e pode trabalhar de casa com as vantagens de não precisar de ponto comercial e poder organizar seu horário e rotina de maneira mais personalizada.  O investimento é de R$25mil.

Já o modelo Basic é uma novidade e foi lançado para atender empreendedores que buscam um local de trabalho padronizado, porém com uma maior flexibilidade e ainda com baixo investimento total de R$45 mil. É uma oportunidade interessante para quem quer ter seu primeiro negócio, mas não se adapta ao modelo home-based.

No modelo Standard, o franqueado precisa disponibilizar um ponto comercial e o investimento inicial é de R$120mil. Esse modelo é ideal para quem busca uma estrutura mais aprimorada, com padronização do local e uma equipe mais robusta, fatores que geram mais segurança e maior aceitação. Todos os modelos foram formatados para alta rentabilidade e todos os franqueados recebem treinamento e suporte operacional completo da franqueadora.

Setor em crescimento

A melhora gradativa do cenário econômico e a definição do quadro político refletiram positivamente no setor de franquias brasileiro, tanto que as redes devem registrar em 2018 um crescimento nominal de 7% da receita na comparação com o ano anterior. A estimativa é que o setor gere 8% mais empregos diretos no mesmo período (incluindo contratos intermitentes e temporários), totalizando cerca de 1,3 milhão de trabalhadores contratados. A expansão do número de unidades é de 5% e de novas marcas 1%, após um ano de queda. É o que indica o balanço preliminar parcial do desempenho do setor divulgado hoje pela ABF – Associação Brasileira de Franchising.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Seguralta