São Paulo ratifica sua posição de destaque no franchising

Publicado em 13/11/2019 por Imprensa

Estado continua disparado na liderança quando o assunto é faturamento e torna-se cada vez mais estratégico para o setor

Não é de hoje que o estado de São Paulo vem dando banho nas demais federações do país quando o assunto é o desenvolvimento e crescimento do franchising. O estado representa 36,9% do faturamento no franchising nacional segundo a Pesquisa Trimestral de Desempenho do segundo trimestre da Associação Brasileira de Franchising. E com o fenômeno da interiorização, a região vem atraindo franquias a expandirem pelo estado bandeirante. O franchising tem muito a abrir caminhos pelo Brasil, onde o setor está presente em 45% dos 5.570 municípios. 

O estado destaca-se no ranking das cidades com maior crescimento em número de marcas e números de unidades em operação. Na primeira pesquisa, das 30 cidades do país com mais novas marcas surgindo no cenário, dez cidades são paulistas. E quanto ao número de unidades, são oito. Ao fazer o cruzamento entre os municípios que figuram em ambos os ranking as cidades paulistas são São Paulo, Santo André, Sorocaba, Guarulhos, São José do Rio Preto, São Bernardo do Campo, Ribeirão e Campinas. 

Na lista das cidades com o maior número de unidades em operação no país, a Não+Pelo não está presente em apenas quatro delas - Londrina, Uberlândia, Guarulhos e Sorocaba. No estado de São Paulo, tanto a cidade da região metropolitana quanto a quarta cidade mais populosa do estado estão na mira da multinacional espanhola que completa dez anos de presença no Brasil em 2020. 

"Este ano iniciamos conversações com interessados em Guarulhos e Sorocaba, mas a situação está em stand by. Sem dúvidas que ambos os municípios fazem parte da estratégia da regional São Paulo que vai inaugurar sua 70ª loja na cidade de Leme em dezembro. Vamos fechar o ano com quatro inaugurações e cinco reinaugurações. E em 2020 segue o planejamento de interiorização pelo país. Apenas 45% dos municípios brasileiros possuem a presença do franchising. E o estado de São Paulo tem atraído oportunidades inclusive para marcas de outro estado. Vamos focar nos investimentos em cidades que não possuem nossa marca ainda", diz Thais Ramos, franqueadora máster e franqueada. 

A Não+Pelo está presente em todas as capitais do país e no estado que abrange a maior receita da marca no Brasil são 24 municípios sem contar com a capital. O investimento inicial para aquisição de uma franquia é a partir de R$ 135 mil, e o prazo para o atingimento do retorno investido é 24 meses. A Não+Pelo oferece um serviço híbrido e multifuncional de depilação utilizando uma tecnologia de ponta que disponibiliza também cuidados dermatológicos. Dentre os benefícios da tecnologia da Luz Pulsada Intensa  estão a melhoria da textura da pele, diminuição das linhas de expressões, estímulo à produção de colágeno, abrangência de comprimento de onda entre 590 e 1.200 nanômetros diversificando os tipos de tratamentos (personalização do serviço pelo fato da IPL ser policromática), luminosidade à área tratada, maior demora para o crescimento dos pelos, tratamentos de pelos claros e finos e fototipos mais altos, além da hipertricose e pseudofoliculite (popularmente chamado de pelos encravados). 

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Não + Pelo , Franquias de estética , Franquias de depilação