São Paulo é a primeira região foco da Feira Virtual de Franquia

Publicado em 03/07/2020 por Imprensa

Edição acontece em 8 de julho e já tem programada para esse mês outras duas regiões: Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Redes de franquias com expansão para todo o Brasil se reunirão virtualmente com possíveis investidores para apresentarem seus modelos de negócios e continuar a expansão das marcas que já foram testadas e possuem o aval do sistema de franchising.

No próximo dia 8 de julho, quarta-feira, as redes participantes focam as reuniões em futuros empreendedores que queiram abrir o próprio negócio na região de São Paulo. Mesmo sendo uma feira virtual, a organização optou por regionalizar cada edição para que pudessem ter um filtro bem direcionado de potenciais investidores para cada localidade e para também abrir oportunidades para as marcas que ainda tenham espaço para determinadas regiões. “Essa divisão nos faz ter uma melhor visão sobre oportunidades e demandas para cada segmento. Tem marcas que já não possuem mais espaços disponíveis em determinados mercados, portanto, com essa organização conseguimos um modelo mais assertivo para todos com melhor custo-benefício”, explica Ricardo Branco, diretor comercial da feira.

Segundo o vice-presidente da ABF – Associação Brasileira de Franchising, Antonio Moreira Leite, em recente entrevista ao Especial Franquias do Estadão, a hora é oportuna para encontrar bons e novos negócios. “Executivos e profissionais liberais buscarão um meio para reconstruir a atividade profissional e encontrarão no franchising um meio para prover o sustento da família”. Segundo André Friedman, presidente da ABF, em entrevista para a mesma publicação, “a franquia tem menos risco (de fechar), por dar acesso a um negócio formado e testado e a orientação de um empresário mais experiente, o franqueador”.

Marcas veem novo cenário como oportunidade

O cenário atual da Covid-19 assustou alguns mercados, mas várias marcas veem esse momento como uma nova oportunidade de potencializar os negócios. Áreas de saúde, estética, limpeza, tecnologia entre outras estão investindo nos serviços oferecidos para atender a demanda que o novo normal vai exigir daqui pra frente.

A OrthDontic, por exemplo, rede de franquias de rede de clínicas de ortodontia, mesmo com a pandemia manteve todos os indicadores de crescimento. “É como se estivéssemos “blindados”. Além do “boom” da saúde de forma geral, a ortodontia requer tratamentos que duram de meses a alguns anos, permitindo ao empreendedor prever seus lucros para tomar decisões mais assertivas.  Também é um serviço com demanda reprimida, o que faz da nossa capacidade de prospecção ativa uma forma de fazer o negócio crescer com consistência e agilidade. Um modelo de negócios consolidado como o nosso e com todo o suporte que oferecemos potencializa todas as oportunidades oferecidas pelo mercado de forma segura e exponencial”, diz Camila Stocco, gerente de expansão. A rede quer atrair tanto dentistas que buscam uma opção rentável fora do modelo padrão do consultório particular como também aqueles que decidiram ousar fora de sua área de atuação como investidores.

Na rede Limpeza com Zelo, especializada em limpeza doméstica, também foi sentida alta na demanda. “As pessoas notaram que a limpeza não é apenas estética e sim saúde. A perspectiva é que elas percebam uma nova forma de compreender a limpeza, mesmo após a pandemia. Temos adotado sistemas de alta tecnologia na desinfecção segura dos ambientes. Para nós, o evento é uma oportunidade para aproximar possíveis parceiros e investidores da marca. Mesmo um momento de crise, como o que vivemos agora, pode ser transformado em boas chances de obter crescimento profissional e êxito nos negócios, mediante escolhas acertadas, como investir em uma franquia sólida e que garante resultados”, explica Renato Ticoulat, presidente da Limpeza com Zelo.

A rede de franquias Fini, marca espanhola com presença mundial em mais de 80 países e uma das principais produtoras mundiais de balas de gelatina também vê oportunidades no novo cenário e já implantou o sistema de delivery para cumprir o distanciamento social nas suas unidades franqueadas por meio de aplicativos. “Nossa expectativa é ter acesso aos interessados em ter uma franquia. Mesmo não tendo o contato presencial com os potenciais franqueados, essa é uma oportunidade de networking e de fazer um atendimento personalizado e “próximo” com a abordagem alto astral, dinâmica e transparente”, Patrick Ramos, gerente de franquias.

Próximas edições

Além da edição de São Paulo, ainda no mês de julho está programada edições em Belo Horizonte/MG no dia 22/07 e Rio de Janeiro/RJ no dia 29/07.


 


Os empreendedores interessados em participar podem se inscrever gratuitamente no portal da feira e agendar as reuniões para a data marcada de acordo com as marcas que tenham interesse.

Já as marcas que queiram participar do evento, é uma oportunidade de dar continuidade ao crescimento do negócio e fomentar o empreendedorismo por meio de uma plataforma que deve se tornar tendência na nova economia low touch. A organização da feira é responsável pela captação de candidatos a franqueado para a participação no evento por meio de ações de marketing digital e relacionamento. Além disso, o investimento para participar é bem abaixo do modelo tradicional, visto que que não há necessidade de investir montagem de estandes, materiais gráficos e viagens.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias , Empreender , Microfranquias , Feira de franquias