RE/MAX abre 80 novas franquias em 2018 e faturamento da rede cresce mais de 70%

Publicado em 05/02/2019 por Imprensa

Rede que mais vende imóveis no mundo já está em mais de 20 estados e 101 municípios do Brasil.

A retomada da economia pode parecer discreta, mas para a RE/MAX 2018 foi sinônimo de forte crescimento em diversas regiões do país. "Abrimos 80 novas franquias em 2018, e atualmente temos 46 em instalação. No ano passado, também inauguramos nove master franquias no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, interior de São Paulo e de Minas Gerais e no Espírito Santo", contabiliza o presidente e CEO da RE/MAX Brasil, Peixoto Accyoli. Nesse modelo de negócio, as master franquias habilitam novos franqueados, expandindo a rede e mantendo a cultura empresarial.

O resultado anual da rede que mais vende imóveis no mundo salta aos olhos principalmente quando comparado com números do mercado imobiliário geral, que indicam crescimento tímido. De acordo com a Abecip - Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança, por exemplo, o preço nominal médio dos imóveis residenciais em dez capitais brasileiras subiu 0,64% em 2018. A entidade registra que em São Paulo, por exemplo, a alta no preço dos imóveis foi de 1,31%, mas outras cidades pesquisadas, como Belo Horizonte, registraram menor crescimento: 0,27%. Brasília, 0,29%. Já Rio de Janeiro e Recife tiveram queda de -1,49% e 0,22%, respectivamente.

Com fôlego de sobra, a RE/MAX também reforçou presença abrindo 20 unidades em estados onde já operava, e no Distrito Federal. Com essa expansão e capilaridade, já está na maioria dos estados brasileiros, trabalhando em 101 municípios. As agências abertas cresceram 40,94% entre 2017 e 2018. Ao final de 2019, a empresa projeta 300 unidades em operação. "Também vale a pena comentar que, em dois anos, o número de agentes imobiliários associados à RE/MAX saltou 120,61%. Em 2018, isoladamente, o crescimento foi de 46,6%" - prossegue Accyoli – "e hoje, são mais de 2.200 profissionais em todo o país".

O bom resultado também está nas unidades mais estabelecidas: o valor geral de honorários relacionados a vendas em lojas já existentes (índice Same Store Sales) também cresceu significativamente entre 2017 e 2018: alta de 60,32% - o que aponta que a empresa tem conquistado market share.

Um dos motivos para os bons resultados da RE/MAX está na preocupação de manter as melhores práticas para toda a rede. Entre elas, ensino a distância com avaliações, oferecendo boletins, cursos e trilhas segmentadas por categoria de acesso, e opções semipresenciais e presenciais, por meio da Universidade RE/MAX. Agora, em fevereiro de 2019, a companhia adota também uma nova plataforma de treinamento e comunicação batizada de RE/MAX FLIX. A ideia é oferecer conteúdos online, permitindo transmissão ao vivo e análise de dados dos usuários - como o tempo logado, e as tags de vídeos mais acessados.

Faturamento das unidades franqueadas

Além do treinamento e capacitação, o valor geral de honorários cresceu substancialmente. Outro motivo que explica o sucesso na comercialização de imóveis. Entre 2018 e 2017, a alta foi de 72,35%. Entre 2016 e 2018 o salto foi de 115,85%. Esses indicadores são muito maiores do que aqueles registrados em geral pelas franquias do Brasil: crescimento de 8% no valor de honorários entre 2016 e 2017, de acordo com ABF – Associação Brasileira de Franchising.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias imobiliárias , Franquia Remax