Para assegurar a qualificação do franqueado investir em cursos profissionalizantes é fundamental

Publicado em 24/04/2014 por mapadasfranquias | Ultima Atualização em 02/12/2014

O desejo de investir no próprio negócio aliado aos números promissores do segmento de franquias está colocando ano após ano novos empreendedores no mercado nacional. E, com isso, elevando cada vez mais a necessidade de se investir em cursos de qualificação profissional direcionado para esta linha de frente.


Especialistas sinalizam sobre as armadilhas da união entre empolgação e a carência de experiência. E salientam que, para aproveitar a maré favorável do setor, é necessário levar em consideração a seguinte fórmula: pesquisa de mercado, qualificação profissional, planejamento financeiro, conhecimento da área escolhida e um contato estreito com o franqueador.


Puxados pela demanda de serviços no País e com a falta de mão de obra na área de construção civil, a rede Doutor Resolve, por exemplo, sentiu dificuldades para expandir a marca pelo País. A solução, de acordo com os proprietários, foi criar uma rede de ensino profissionalizante para qualificar profissionais para as próprias franquias da marca.


Batizado de Instituto da Construção e em operação desde dezembro de 2011, o projeto conta com 60 franqueados e mais de 10 mil alunos pelo País. A rede, contudo, tem investimento inicial a partir de R$ 250 mil e não opera no formato microfranquia, que elimina a possibilidade de muitos interessados em investir no próprio negócio.


Exemplos como o citado acima estão se tornando uma realidade cada vez mais praticada no mercado, pois, caso o franqueado perceba que algo está saindo do controle à saída é o empresário convocar seus profissionais para cursos de qualificação e reciclagem, seja in house ou por meio de empresas parceiras na área de educação profissional.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Gestão de franquias