Nova gestão potencializa marca Doutor Resolve que prevê faturamento de R$39 mi em 2019

Publicado em 29/06/2018 por Imprensa

Doutor Resolve focou no suporte ao franqueado para fortalecer desenvolvimento da empresa; Para 2018 rede prevê faturamento de R$22 milhões

A Doutor Resolve teve diante de si o duro desafio de implantar melhorias em sua rede para conquistar agressivos resultados a médio prazo. Criada em 2010, a marca foi comprada em 2016 pela holding EFFE Franchising que focou dois anos de trabalho no desenvolvimento interno da rede para atingir a meta de dobrar seu tamanho nesse período.

Evandro Pinotti, sócio-presidente da Doutor Resolve, em sociedade com Gustavo Cunha, diretor de novos negócios, concentraram-se inicialmente em adotar no novo negócio as estratégias e essência da holding. “O primeiro passo foi deixar muito clara a declaração estratégica da EFFE e nossa cultura empresarial. Acreditamos que tudo partiu dessa definição (missão, visão, valores) que apoiaram as ações futuras. O importante é entender o propósito, a intenção, o motivo que leva a ação. Nosso direcionamento é muito orientado à uma base sólida, real, tangível de informações, seguido para avaliar tudo isso de forma responsável e estruturar os objetivos e ações de forma que sejam sustentáveis, éticas e, claro, que gerem resultados”, conta Evandro.

Mãos à obras                        

De acordo com ele, a partir dos conceitos implantados, deram-se início as ações de reestruturação da marca.  “Com a estrutura inicial criamos o PEX (Programa de Excelência). Depois disso, desenvolvemos nosso plano de suporte ao franqueado (Desenvolvimento de Rede) bem como de comunicação com o mercado (Desenvolvimento de Marca)”, explica o empresário.

O PEX é um programa de incentivo que premia os franqueados que apresentam o melhor desenvolvimento durante o ano. A avaliação é sob o faturamento e a satisfação do cliente, e aquele que apresentar o melhor resultado recebe prêmios incríveis. “Mensalmente as franquias têm seus resultados aferidos e da média do resultado temos a classificação da unidade. O objetivo do programa é ser uma ferramenta complementar para o desenvolvimento da rede, pois traz indicadores de performance que inclusive estão alinhados com o tempo de atividade e plano de negócios da franquia”, revela Pinotti completando que o melhor franqueado de 2017 ganhou uma viagem para Buenos Aires, capital da Argentina.

Já o Desenvolvimento de Rede, está relacionado não apenas a evolução dos resultados e consequentemente posicionamento no PEX, ele alia suporte orientado a resultados – tanto gerenciais (empresa), quanto o desenvolvimento pessoal. “Estamos convencidos de que a empresa prospecta na medida em que o franqueado evolui, assim, o suporte caminha nesse sentido de desenvolver sim a gestão e melhorar resultados, mas também desenvolver o empreendedor, o empresário, o franqueado e dessa forma reforçarmos a cada dia a parceria”, explica.

E o Desenvolvimento de Marca é basicamente uma consequência do desenvolvimento de rede, que tem como intenção reforçar o lado “reformas” do slogan “Reparos e Reformas”. “Assim, desenvolvendo a rede gerencial e tecnicamente para atuar em serviços mais complexos (respeitando a legislação e órgãos do setor), a marca se desenvolve e se posiciona como reparos e reformas”, comenta o empreendedor.

Ele reforça ainda que as convenções anuais são momentos importantes nesse sentido, porque além de promover o alinhamento de informações estratégicas da marca, planejamento anual e outras informações sobre resultado da rede, também reforçam o aspecto de união, de compartilhamento, os laços de empresários que defendem a mesma marca, o mesmo modelo de negócio e assim atuam no sentido de desenvolvê-la.

Cultura interna

Como forma de fortalecer ainda mais a credibilidade da empresa no mercado, a rede vem criando uma cultura interna. Nela, o ponto central é a responsabilidade e o resultado. “Como pontua a conhecida frase: ‘Quem não mede, não controla. Quem não controla, não gerencia’, estamos reforçando os alicerces de uma cultura de gestão. Gestão responsável, orientada a resultados, à satisfação do cliente e à qualidade do serviço”, disse.

A postura da Doutor Resolve também mudou. Confiante e otimista, a rede garante logo reforçar sua posição de referência. “Procuramos desde o início reforçar o significado de Doutor. Fizemos uso de uma pesquisa de branding que a marca possuía para deixar claro o ponto de ser referência, autoridade, exemplo. Era muito importante que todos entendessem esse ponto, afinal, o motivo de um cliente nos chamar é porque buscam segurança, e nada melhor do que um especialista no assunto para isso - daí a campanha #chameaDoutorResolve”, explicou Evandro.  

Principais desafios

“Para esse novo momento, foi necessário um levantamento minucioso das informações das franquias. Infelizmente nem todos os dados das unidades eram imputados no sistema de gestão. Esse aspecto traz desafios quanto à análise das informações, bem como desenvolvimento do cenário de rede. Somado a isso, havia um sentimento de ‘mostrar o resultado, não apenas a iniciativa’, ou seja, existia a necessidade da rede em perceber o resultado das ações que foram planejadas (quando assumimos, realizamos uma reunião de apresentação em junho de 2016). Na Convenção de 2016, mostramos os primeiros resultados – que chegaram em novembro de 2016 - e novas iniciativas, cujos resultados foram acompanhados mensalmente nas conferências com a rede e o consolidado de ações e resultados apresentados na Convenção de 2017 (Novembro). Esse ciclo de estratégia, planejamento, ação, checagem, ação, resultado (ou seja, o ciclo PDCA) foi fundamental para alicerçar o relacionamento com a rede”, fundamenta.

Colhendo resultados

Passados dois anos, desde o início das ações para a busca de melhores resultados, atualmente a Doutor Resolve atua com 62 franquias distribuídas pelo Brasil e exterior (oito no México, três no Panamá e mais recentemente, uma na Costa Rica) e atingiu um dos patamares que mais lutaram para conseguir. “Temos suporte bem estruturado e com capacidade para atender novas unidades a nível nacional e internacional – dispomos de processos desenhados e pessoas capacitadas para isso. Esse é o ponto em que estamos - de retomada de crescimento, também via novas franquias, sem é claro, perder o foco no crescimento orgânico de resultado de rede por meio do aumento de faturamento das franquias”, fala Evandro.

Outros frutos já começaram também a surgir. “Temos medido os resultados do nosso trabalho pela renovação de contratos que é de 70% de franqueados que estavam na marca há mais de cinco anos. Além disso, estamos vendo a busca pelos serviços seguir com força, mesmo diante de um cenário de restauração econômica”, disse satisfeito.

Confiante, a marca quer se tornar referência em qualidade e satisfação dos clientes, além de crescer no faturamento com expectativas de R$22 milhões para 2018 e R$39 milhões para 2019, e atuar no mercado com 220 Franquias até 2021.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Doutor Resolve , Franquias de reparos e reformas