Mercado promissor de educação profissionalizante desperta para chance do negócio próprio

Publicado em 20/11/2019 por Imprensa

Mercado promissor de educação profissionalizante desperta para chance do negócio próprio

A educação é um divisor de águas na vida de quem busca crescer profissionalmente, ou então, procura por novas oportunidades no mercado e até mesmo para potencializar as chances de recolocação. Por isso, os cursos profissionalizantes estão atraindo cada vez mais pessoas que buscam por capacitação. Além de terem menos duração que uma graduação, os preços costumam ser bem inferiores, possibilitando assim, com que caiba no bolso e adaptação de horários.

Tal comportamento, aliado a outros fatores, vem influenciando para que o segmento educacional seja tão promissor no mercado. Uma pesquisa promovida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) evidencia bem essa realidade. O estudo divulgado este ano, aponta que o número de empresas de diversos setores diminuiu no Brasil entre 2013 e 2017, e apenas o de educação cresceu nesse período – o equivalente a 37,5%.

A pesquisa, baseada no Cadastro Central de Empresas, mostrou que o país encerrou 2017 com pouco mais de 5 milhões de empresas ativas - uma redução de 6,73% em relação a 2013 e o pior número desde 2009, quando haviam cerca de 4,8 milhões de empresas no País. O segmento de educação, por outro lado, foi o que mais cresceu entre 2013 e 2017, passando de 1,3 milhão de empresas ativas para quase 1,8 milhão.

A área promissora atrai os olhares de quem deseja faturar um pouco mais com esse bom desempenho, principalmente no franchising. Tanto que, de acordo com a ABF (Associação Brasileira de Franchising), no terceiro trimestre deste ano, o segmento de Serviços Educacionais faturou R$3,226 milhões, um crescimento de 5% em comparação com o mesmo período analisado no ano passado. Já a variação em número de unidades foi de 3,3% no trimestre.

Quem vem sentindo esse reflexo é a Via Certa, franquia especializada em educação profissionalizante. Com seis anos de mercado e quatro no franchising, a marca vem sentindo uma procura maior de interessados.

Décio Marchi Junior, presidente da rede, conta que o segmento tende a crescer ainda mais no próximo ano, principalmente tendo em vista que o governo não investe, como deveria, na educação. “O setor público apresenta muitas falhas. Nosso intuito é mostrar as pessoas uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional, oferecendo alternativas para ser inserida ou voltar ao mercado de trabalho com mais conteúdo, já que ele vive em constante mudança e cada vez mais concorrido”, diz.

Expansão

A maioria das unidades da Via Certa está concentrada na região sudeste, correspondendo 93% das unidades ativas. O foco da rede para os próximos meses continua sendo o sudeste, primeiro pelo fato de estar próximo a franqueadora – localizada em Birigui (SP) – e segundo, por ser o mercado mais forte no franchising. “Não só as capitais tem potencial para os negócios. Hoje o interior tem despontado como boas praças para receber operações de cursos profissionalizantes, principalmente lugares acima de 20 mil habitantes”, afirma o executivo.

Atualmente com 30 lojas em operação, para 2020, a Via Certa conta com expansão audaciosa. A promessa é de atingir 100 unidades. O modelo de negócio varia conforme o número de habitantes e conta com o investimento a partir de R$130.573,00.

“Temos alunos a partir de seis anos. Isso mostra a conscientização dos pais em proporcionar um ensino de qualidade para os filhos, principalmente através de cursos complementares e profissionalizantes”, frisa Décio.

A Via Certa oferece mais de 30 cursos nas áreas mais buscadas pelos brasileiros, como: administração, marketing, indústria e energia, informática, línguas, saúde, estética, entre muitos outros. A duração do curso varia de seis meses a dois anos, e o custo mensal é bem acessível: a partir de R$119,90.

Especialistas afirmam que investir em franquia de educação tem se revelado uma ótima opção de negócio próprio, principalmente a longo prazo. A Via Certa não exige que os franqueados tenham formação na área, porém é necessário afinidade com o segmento e aptidão para gestão, já que ele é o responsável por prospectar os clientes.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de cursos profissionalizantes , Franquias de educação , Via Certa Cursos