Kumon inicia operações no Uruguai; Coordenação será dos executivos do Brasil

Publicado em 22/04/2019 por Imprensa

País ganha 6 novas unidades em Montevidéu até 2020, e outras cidades também estão no plano de expansão da empresa

Montevidéu foi a primeira cidade escolhida para receber as novas unidades do Kumon, rede especializada em formar autodidatas no mundo há mais 60 anos. As aberturas fazem parte do processo de expansão da marca, que tem interesse em aumentar suas operações em todo o país. Para 2019, 4 unidades estão previstas no Uruguai, sendo a primeira em Pocitos e, até 2020, serão ao menos 6 franquias. Há planos, também, para expansão para outras cidades nos próximos anos.

“O Uruguai é estratégico para nossa rede, pois tem um excelente potencial de mercado, a sociedade valoriza a educação. Prova disso, é que o país possui alto índice de alfabetização e registra 98% de alfabetismo, o mais alto da América Latina”, explica Julio Segala, Diretor de Marketing e Expansão do Kumon na América do Sul. “Para o Kumon, é importante e natural estar presente em um país com alto nível educacional. Será o sétimo país latino-americano a receber franquias da marca”, completa.

No Brasil há mais de 40 anos e na Argentina, Peru, Bolívia, Chile e Colômbia há mais de 20 anos, atualmente, são mais de 1800 franquias na América do Sul e 25 mil em 52 países. Hoje, o Kumon reúne mais de 4 milhões de estudantes em todo o mundo. “Para o Uruguai estima-se a abertura de 20 unidades nos próximos 5 anos, que serão capazes de atender mais de 4000 alunos por todo o país. Assim como já funciona em outros países da região, a coordenação da operação será toda do Brasil, local onde está a matriz regional do Kumon na América do Sul”, explica Segala.

Para comemorar a chegada da rede no país, está marcado um coquetel de lançamento com palestra do especialista em educação, o uruguaio Ariel Cuadro Cawen, discurso do presidente do Kumon América do Sul, Sr. Masami Furuta, além da participação de executivos da empresa. Para o evento, fechado apenas para convidados, são esperados membros da Embaixada do Brasil no Uruguai, da Câmara de Comércio, da Prefeitura de Montevidéu e do Ministério da Educação e Cultura, além de empresários ligados à Câmara Uruguaia de Franquias.

Franquia

A franquia Kumon é ideal para quem deseja abrir o próprio negócio na área de educação com um valor de investimento inicial acessível e ainda contar com o suporte de uma empresa global, premiada mundialmente na sua área de atuação. “A seleção dos novos franqueados no Uruguai já começou e conta com um rigoroso processo internacional. Para abrir uma unidade não é necessário formação na área de educação, porém é imprescindível que o candidato tenha concluído o Ensino Superior, além de ter familiaridade e paixão pelo tema”, diz Segala.

O processo de seleção conta com entrevistas e testes para assegurar a capacidade do futuro responsável pelo negócio. Após ser aprovado nesta fase, ele recebe suporte para estruturar e prosseguir com a empresa.  Entre as exigências para se tornar um franqueado estão a contratação de um funcionário para cada grupo de 40 alunos, além de um espaço com, no mínimo, 40 m², e os franqueados são os operadores do negócio e também responsáveis pela orientação de todos os alunos “Existem muitos empreendedores interessados em fechar parceria conosco, porém exigimos um alto padrão de qualidade, para garantirmos a credibilidade e eficiência no ensino da rede, além de um crescimento saudável dos negócios”, conclui o executivo.

Método

Com material autoinstrutivo e orientação individualizada, o foco do Kumon é descobrir o potencial de cada aluno, aumentando a sua autoconfiança e sua capacidade de aprender por ele mesmo.

O método não se prende à idade ou série escolar e cada aluno tem um plano e uma programação de estudo feita só para ele, de modo que aprenda sem sobrecargas ou estresse. O Kumon oferece as disciplinas de Matemática, Lengua (Espanhol) e Inglês e cada uma delas contém conteúdos que vão da pré-escola até o ensino superior. O aluno frequenta as aulas fora do horário escolar, com rotinas que costumam variar entre 30 minutos a uma hora.

Os orientadores do método Kumon analisam as características de cada aluno, seu ritmo e sua capacidade e nenhum aluno avança de nível sem estar 100% confortável e sem ter absorvido por completo o conteúdo anterior. Por isso, não ficam lacunas e nem dúvidas e o aprendizado se torna mais sólido e duradouro. “Quando uma pessoa tem autoconfiança e segurança, torna-se capaz de obter o sucesso pelas próprias forças. No Kumon respeitamos o ritmo de cada aluno e desenvolvemos em cada um essas habilidades”, conclui Segala.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Kumon , Franquias de educação