Jovens franqueadores da Vó, Quero Bolo! estreiam no franchising brasileiro com novas ideias

Publicado em 06/07/2015 por Imprensa

A rede Vó Quero Bolo! é exemplo de empresa que estão movimentando o mercado brasileiro de franchising

A história da rede Vó, Quero Bolo! começou em dezembro de 2013, quando os sócios Fernando Cachulo (direita), de 37 anos, e Willians Navarro (esquerda), de 33 anos, inauguraram as duas primeiras lojas da empresa, que atualmente conta com seis unidades próprias. A entrada no franchising aconteceu em janeiro de 2015, motivada pela possibilidade de difundir rapidamente a marca junto a parceiros que compartilhem da mesma filosofia. No total, considerando as lojas e a estruturação da franqueadora, a dupla investiu R$ 1,5 milhão.


A comercialização da franquia começou muito recentemente, em março, e a meta da companhia é abrir oito franquias neste ano. Para o futuro, os planos são grandiosos e preveem um total de 250 franquias em 10 anos e a expansão da marca para outros países.


Fernando Cachulo conta que o negócio nasceu diante da busca por um segmento que estivesse pouco desenvolvido no Brasil, que não fosse um modismo, que atingisse todas as faixas etárias e classes sociais e tivesse grande potencial de crescimento. “Depois passamos a mapear todas as empresas existentes neste mercado e a identificar todas as suas falhas e pontos fracos”, conta o empresário. “Em seguida, desenvolvemos durante quatro meses um plano de negócios extremamente detalhado e minucioso visando lançar uma nova marca no mercado. Hoje, o nosso objetivo é trazer para as pessoas o verdadeiro conceito de bolo caseiro sem nenhum tipo de conservante, estabilizante, aromatizante ou corante.”


Segundo os sócios, a filosofia deles é vender somente aquilo que eles comprariam com confiança e compartilhassem com suas famílias. Willians Navarro também pontua que diversos são os diferenciais da rede, como o oferecimento de cartão fidelidade, entregas delivery, operação de algumas das unidades sete dias por semana e a estruturação de um centro de treinamento e de uma central de compras para que o franqueado reduza seu custo com insumos e amplie sua margem. “Além disso, também temos o maior mix de produtos deste segmento. São mais de 40 sabores de bolos doces, salgados e especialidades, com opções sem glúten, sem lactose, diet, light, integral e mais nove tipos de coberturas feitas de forma artesanal”, descreve o empreendedor.


Motivados com a empreitada, os sócios também pleiteiam contribuir, por meio do envolvimento com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), com o fortalecimento e profissionalização do mercado de franquias. Bagagem não lhes falta para isso. Formado em administração de empresas, Fernando Cachulo tem 15 anos de experiência na área comercial de bancos, onde atuava antes de empreender. Já Willian Navarro, formado em ciência da computação e pós-graduado em administração de empresas, coleciona 12 anos de vivências nas áreas financeira e comercial de bancos, sendo nos últimos três anos com foco em análise de empresas de grande porte.


Em Pauta


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de doces , ABF , Vó, Quero Bolo , Jovens empreendedores