Jovem do Rio de Janeiro representará Brasil em campeonato internacional da Microsoft, em Nova York

Publicado em 25/07/2019 por Imprensa

Lucas, de 22 anos, buscou a Microlins para melhorar seus conhecimentos em Excel.

Um rapaz de 22 anos com um objetivo que para muitos pode parecer simples: melhorar o seu conhecimento em Excel para se qualificar e conseguir emprego. Lucas Burburan entrou na Microlins, uma das maiores redes de ensino profissionalizante do país, no segundo semestre de 2018 para conseguir essa meta. Lá, fez os cursos de Excel Avançado e de MOS (Especialista em Microsoft, em tradução livre). Meses depois, ele alcançava mais do que poderia imaginar: além de conquistar a tão sonhada vaga em uma grande empresa, Lucas tirou a maior nota do país na etapa Brasil de Microsoft Office Specialist (MOS), competição organizada pela Microsoft para testar as habilidades de estudantes brasileiros em Excel, Word e Power Point. Com a vitória, que ocorreu em setembro do ano passado, ele se credencia a disputar o campeonato mundial da categoria com alunos de todo o planeta, em Nova York, Estados Unidos, no final deste mês.

"Fui em busca de uma qualificação para me colocar no mercado de trabalho e acabei alcançando muito mais", comenta Lucas. "Tenho a oportunidade de conhecer pessoas de outros lugares do mundo e competir em alto nível, aumentando os meus conhecimentos em Excel e, claro, o meu desempenho profissional".

Ao longo das aulas, Lucas aprendeu a dominar a ferramenta, ótima para auxiliar na organização do trabalho e muito utilizada para cálculos e gráficos, habilidades hoje exigidas por recrutadores de diversas áreas. Com o bom desempenho adquirido ao longo do curso, conseguiu performar bem na prova, que exigia do aluno a padronização de dados, conforme o desafio proposto nas questões. Maria Albuquerque, dona da unidade Microlins em que Lucas estudou, em Copacabana, no Rio de Janeiro, ressalta a relevância de habilidades como as que o curso oferece para adquirir conhecimentos aplicáveis nos mais variados setores do mercado de trabalho. "Recrutadores apontam para a exigência de Excel em cargos com salários elevados", diz a franqueada. "Isso acontece justamente porque essa ferramenta pode ser usada em qualquer área de trabalho para facilitar demandas do dia-a-dia e organizar os bancos de dados das empresas".

Com quase 30 anos de atuação e mais de 50 cursos em seu portfólio, a Microlins é uma das sete marcas MoveEdu, maior plataforma edtech – education technology – do país.

Vivendo o sonho

Agora, Lucas, carioca que mora com os pais e queria apenas melhorar um desempenho específico em seu currículo, viajará ao exterior e poderá representar o seu país em uma competição internacional. A experiência de conhecer outros jovens de diversas nacionalidades por si só já é enriquecedora. Mas, além da troca de conhecimento, as premiações também são um estímulo. O primeiro colocado ganha US$ 7mil, troféu, medalha e certificado da Microsoft; segundo e terceiro colocados, além de receberem medalha e certificado, ganham US$ 3500 e US$ 1500 respectivamente.

"Estou treinando e fazendo simulados para chegar em Nova York e representar bem o meu país", diz Lucas. "Mas só de ter uma chance dessas na minha vida já me sinto muito feliz e privilegiado".

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Microlins , Franquias de educação