Investimentos tecnológicos são aliados na produtividade de pequenas e médias empresas

Publicado em 23/05/2019 por Imprensa

Aportes em suporte e canais de comunicação trazem bons resultados para Acquazero, rede que é referência no setor de lavagem ecológica

Você deve ter notado que de uns anos pra cá a tecnologia alterou consideravelmente as relações humanas, alterando a forma como nos comportamos em sociedade. Tudo está à distância de apenas um clique e a revolução que a tecnologia causou nas relações interpessoais também trouxe mudanças irreversíveis para o mundo corporativo.

Atualmente, o uso da tecnologia não está restrito apenas a grandes empresas de alto rendimento – ela também está presente nos mais variados empreendimentos facilitando a vida do empresário e ajudando-o a fechar as contas no final do mês. Na verdade, o uso recorrente de ferramentas tecnológicas deixou de ser um diferencial e passou a ser uma questão de sobrevivência no mercado, cada vez mais competitivo.

Um levantamento realizado no ano passado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) indicou que 35% dos micro e pequenos empresários utilizaram alguma ferramenta tecnológica para aumentar as vendas, evidenciando o interesse cada vez maior desses empresários por tecnologias que auxiliem na produtividade do negócio.

Para Henrique Mol, diretor executivo da Acquazero, muitos empresários ainda resistem ao uso da tecnologia, o que pode custar muito caro no futuro: “Muita gente vê as ferramentas tecnológicas como um gasto desnecessário, não como um investimento que vai render bons resultados para o negócio”, avalia.

Especializada em limpeza e estética ecológica automotiva, a Acquazero conta com 240 unidades franqueadas por todo o Brasil – muita gente para gerir e orientar ao mesmo tempo. “O mercado de franquias está diretamente ligado com a tecnologia. Seria praticamente impossível administrar tantos franqueados sem a praticidade que certas ferramentas oferecem”, afirma o diretor. Dessa forma, acompanhar os avanços tecnológicos é praticamente um requisito do franchising.

Aliada

Dizem que não se mexe em time que está ganhando. O dito popular pode fazer sentido em muitos aspectos empresariais, mas certamente não é um conselho a ser seguido no mercado de franquias. “A concorrência é direta, são várias outras redes oferecendo o mesmo produto que você. Para ter destaque e sair na frente é necessário inovar, criar e arriscar sempre que possível”, diz Mol. E o que não falta no franchising brasileiro é concorrência: segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as unidades do setor cresceram 5,2% em 2018, totalizando 153.704 unidades em operação no Brasil.

Para centralizar todas as atividades da rede, a Acquazero investe constantemente em plataformas tecnológicas capazes de otimizar o trabalho da equipe, como o sistema Deskfy. “Utilizamos esse recurso no marketing. Nosso time interno abastece diariamente a plataforma com materiais para divulgação do franqueado, seja nas redes sociais, seja para materiais impressos, vídeos, etc. Através dessa plataforma, o franqueado já tem o material pronto para divulgação, é só acessar”. O interessante desse sistema é que os materiais podem ser atualizados e personalizados sempre que necessários.

A ferramenta também possui vários outros recursos, como a gestão de ativos digitais, workflow (para alinhar o fluxo de trabalho com mais eficiência), comunicados e mensagens segmentadas com acompanhamento em tempo real, entre outras facilidades que possibilitam o trabalho em conjunto de toda a equipe.

Outro sistema integrado utilizado pela Acquazero é o Help Desk, que auxilia na comunicação entre franqueadora e franqueado. “Notamos uma melhora considerável no atendimento e na demanda de informações para disseminação de conhecimento da rede para o franqueado”. Na verdade, toda grande empresa que pretende manter um bom funcionamento precisa de um sistema que auxilie na organização de solicitações, pedidos, dúvidas, etc., para garantir soluções ágeis para os problemas do cotidiano. O sistema foi desenvolvido com o intuito de possibilitar que profissionais na linha de frente do atendimento atuem de forma mais eficiente.

Além disso, para se sobressair frente aos concorrentes, Mol decidiu investir em vídeos online voltados aos franqueados da rede e a possíveis investidores: “São vídeos curtos de no máximo dez minutos. Uso uma linguagem mais informal e tento ser o mais claro possível para me aproximar de quem está me assistindo”, explica. Os vídeos são disponibilizados em duas plataformas: na Academia de Estudos (plataforma online disponível apenas aos franqueados) e no YouTube através da página da Encontre Sua Franquia, holding detentora da Acquazero.

Para Mol, os vídeos são uma forma mais acessível de captar novos clientes, além de ser uma maneira menos tradicional de dar suporte ao franqueado: “A gente sai daquela fórmula de conversar por e-mail ou por telefone ou até mesmo de ficar preso lendo um manual. É até uma maneira de se aproximar do franqueado”, salienta.

A melhor das vantagens: economia

São inúmeras as vantagens de empregar a tecnologia nos negócios. Mas a melhor delas também é a que os empresários mais procuram: economia.

Vamos supor que você tenha uma mercearia e que contabilize todas as atividades num livro, como se fazia antigamente. Isso leva tempo e qualquer erro pode atrapalhar na hora de fechar as contas. Um software de gestão integraria todas as atividades da empresa e economizaria tempo que poderia ser utilizado para definir novas estratégias, por exemplo. “A partir do momento que você opta por trabalhar com sistemas integrados há uma economia de tempo bem grande. Esse tempo pode ser utilizado para trabalhar novas estratégias, por exemplo”, afirma o diretor. Para manter os resultados em dia, a rede utiliza um sistema de gestão com foco em indicadores de performance, médias de rendimento e resultados orientando novas estratégias com relação a novas conversões.

Referência no segmento, a Acquazero utiliza apenas 300 ml de água para limpeza completa de qualquer carro – além disso, todos os produtos utilizados nos serviços são biodegradáveis. Para manter a excelência em todas as unidades, a rede desenvolveu um suporte completo para atender seus franqueados. “O suporte é a base de qualquer franquia, sem um bom respaldo da franqueadora as coisas não funcionam e investir em tecnologia nessa área é fundamental. São diversos investimentos em canais de comunicação, principalmente na internet, onde o franqueado pode tirar todas as suas dúvidas diretamente com a franqueadora”, explica Mol.

Mol pretende investir ainda mais em aportes tecnológicos para este ano, especialmente na produção audiovisual. Entretanto, os resultados não serão colhidos imediatamente: “Sabemos que é algo a ser registrado a médio prazo, daqui a alguns meses. Primeiro vamos sentir a aceitação dos nossos franqueados, avaliar o que deu certo e o que não deu. Mas tenho certeza de que é uma ferramenta da qual não vamos abrir mão”.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Acquazero , Franquias de serviços automotivos , Franquias baratas