Franquias continuam em alta e na mira de novos investidores

Publicado em 01/07/2016 por Imprensa | Ultima Atualização em 02/07/2016

Com diferentes áreas de atuação e valores para todos os bolsos, franchising continua em crescimento mesmo com a atual situação econômica

A última feira do setor de franchising, realizada em São Paulo, reuniu 65,5 mil visitantes, um número 4% maior que o registrado no evento de 2015. Os dados recentes da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que o interesse pelo setor de franquias continua em alta. Mesmo em um momento crítico da economia do país, as pessoas ainda pensam em abrir o próprio negócio.

Svilen Milev - FreeimagesCom crescimento nominal de 7,6% no primeiro trimestre do ano, o franchising se mostra uma das melhores opções para quem busca empreender no país. Além de negócios com baixo valor de investimento, é possível negociar com algumas redes o parcelamento da taxa de franquia.

Para o diretor e consultor da Teaser Franchising, Lucas Atanázio Vetorasso, o setor de franquias continuará em crescimento, devido às pessoas buscarem por investimentos mais seguros. “A segurança que envolve a aquisição de uma franquia é um grande atrativo ao empreendedor que decide investir em um período de instabilidade, como este. Além disso, com o aumento da oferta de imóveis e diminuição das transações nas áreas de comércio e serviços, a implantação de unidades com posicionamento de marca forte no mercado e com processos bem mapeados se tornou bastante viável.”, afirma o diretor.

Dentre os atrativos do setor está à grande variedade de áreas para atuação, como: alimentação, educação, serviços, moda, beleza, pet, finanças entre outros. É improvável não encontrar algo que se encaixe com algum perfil, dentre as mais de três mil marcas que atuam no país hoje.

Exemplo de rede de baixo investimento é a Ahoba Viagens, que comercializa franquias a partir de R$ 1.600 mil. Trata-se de uma agência e operadora de turismo 100% online, no qual o franqueado pode trabalhar de onde quiser pelo notebook, tablet e até mesmo celular. Com menos de dois anos no mercado a empresa possui mais de 100 franqueados comercializando pacotes turísticos.

O franchising vem registrando crescimento ao longo dos últimos anos em todas as regiões, até mesmo em cidades com menos de 100 habitantes. O setor está levando serviços para cidades pequenas com modalidades de negócios menores que se adéquam a pequenos municípios.

A rede Mary Help Diarista e Mensalista, no mercado há cinco anos, oferece serviço de diarista, seleção de profissionais e terceirização de mão de obra. Com mais de 50 unidades, a rede possui unidades em grandes metrópoles, como São Paulo, com mais de 11 milhões de habitantes, assim como em Caldas Novas, com menos de 80 mil. Os serviços disponibilizados pela franqueadora são essenciais e sempre haverá demanda, até mesmo em municípios de pequeno porte. Hoje a empresa realiza mais de nove mil diárias mensais.

De janeiro a março deste ano, 108 novas marcas entraram para o franchising, segundo a ABF. Das empresas que estão entrando neste mercado ou migrando, as inusitadas, ou seja, que oferecem serviços diferenciados são destaque.

Em matéria de inovação, podemos citar a rede Boteco em Casa, a empresa que era restaurante fechou as portas para se tornar um delivery de boteco. O serviço da rede consiste em reproduz os típicos botecos em festas e eventos. A empresa hoje realiza em média 450 eventos anuais e fatura muito mais do que quando tinha um ponto fixo. Vendo o negócio prosperar a empresa entrou para o franchising e hoje busca investidores nos grandes centros urbanos.

A expectativa do setor de franchising para 2016 é otimista, espera-se crescer entre 6% e 8% em faturamento e ter uma expansão entre 8% e 10% no número de franquias. É necessário ter cautela para escolher um modelo de negócio: “Para escolher uma franquia neste momento, é preciso encontrar um projeto conciso, suficientemente detalhado sobre todos os processos da criação e estruturação do negócio, realizando estudos direcionados à região onde haverá a implantação, prevendo possíveis ameaças e entendendo o público-alvo.”, finaliza Vetorasso.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Feira do Empreendedor , ABF