Franquia “Vó, Quero Bolo!” aposta em seus diferenciais para seguir crescendo

Publicado em 19/07/2015 por Imprensa | Ultima Atualização em 20/07/2015

Primeira franquia será inaugurada em Campinas (SP), mas já há negociações em Florianópolis, Vitória e Fortaleza – a meta é abrir dez unidades até o final do ano.

A franquia Vó, Quero Bolo! iniciou suaexpansão no início deste ano – não sem antes ter a certeza de que o negócio é bom e veio para ficar. Os franqueadores, Willians Navarro e Fernando Cachulo, em dois anos, abriram seis lojas em bairros importantes da capital paulista. Agora, acompanham a implantação da primeira franquia da rede, que será inaugurada em agosto na cidade de Campinas, cidade do interior paulista.

Também há negociações fora do estado paulista – em Florianópolis, Vitória e Fortaleza. A meta, até o final do ano, é abrir dez novas lojas para disseminar o que a dupla de franqueadores tanto preza: o sabor do verdadeiro bolo caseiro.

E quando o assunto é sabor, é este o grande diferencial da Vó, Quero Bolo! em relação à concorrência. “Nas cozinhas das lojas, tudo é fresco: os ingredientes são naturais, tudo é feito na hora e nada é pré-pronto. Palavras como conservante, estabilizante, corante e aromatizante são verdadeiros palavrões em nossa empresa”, brinca Cachulo.

Todas as coberturas são feitas dentro das cozinhas das lojas. A cobertura de avelã, por exemplo, é feita com sementes importadas que são assadas, trituradas e manipuladas diretamente na cozinha de cada franquia – e não com o já conhecido creme de avelã que existe no mercado. “Quase que diariamente somos abordados por fornecedores oferecendo itens já industrializados como pasta de mandioca congelada, aromatizantes, ovos em pó, misturas e coberturas prontas, entre outras facilidades, que recusamos veementemente”, completa o franqueador.

Apoio total ao franqueado – Este é outro aspecto que vem seduzindo os investidores. “Não conheço nenhuma empresa do segmento que tenha um centro de treinamento específico para o franqueado e sua equipe”, cita o sócio de Fernando Cachulo, Willians Navarro. “É um local especializado, no qual se aprende a fazer as receitas dos bolos da rede e os outros itens do cardápio”. No Centro, também são oferecidos cursos das novas receitas desenvolvidas pela franqueadora. Os treinamentos de reciclagem são específicos e dados pelos consultores de campo, que, assim, podem avaliar o dia a dia de cada loja e suas demandas individuais.

O franqueador também cita os manuais extremamente detalhados de toda a operação e a Central de Compras. “O franqueado terá acesso à mesma matéria-prima utilizada em toda a rede. Com isso, garantimos um padrão de excelência na qualidade dos ingredientes usados ao mesmo tempo em que reduzimos o custo para o franqueado – já que a franqueadora compra em grande quantidade”.

Pensando no cliente – Para aumentar o número de fãs da rede, a variedade de bolos conta muito a favor. São mais de 40 sabores de bolos doces e salgados, tortas, cucas, especialidades, linha diet, light, integral, sem glúten, sem lactose, além de nove tipos de coberturas. E há, ainda, os bolos comemorativos, feitos em datas como Dia das Mães, Páscoa e festa junina, que agradam aos mais variados paladares. “É o maior mix de produtos do mercado”, destaca Cachulo.

E o cliente ainda tem o benefício do cartão fidelidade: a cada bolo adquirido em qualquer uma das lojas da rede, um carimbo é colocado no cartão. Ao completar 12 carimbos, o cliente ganha um bolo de cortesia. Navarro completa: “E o melhor: o cartão pode ser preenchido com carimbos de qualquer loja da rede e trocado, também, na loja de preferência do cliente”.

Interessados em abrir uma loja da Vó, Quero Bolo! investem entre R$ 165 mil e R$ 200 mil, valor já com taxa de franquia, capital de giro, reforma do imóvel, entre outros custos, ou seja, o valor estimado é para ter a loja pronta, em operação. O faturamento médio mensal é de R$ 80 mil e a lucratividade varia entre 10% e 20%.

Rede chega a Campinas
Até o final do mês de julho, será aberta uma loja da Vó, Quero Bolo! no centro da cidade de Campinas (SP). O objetivo é vender 150 bolos por dia na nova loja, que fica em uma região com grande fluxo de pedestres.

“O franqueado comparou nossa franquia com outras dedicadas a bolos caseiros e nos escolheu devido ao frescor dos ingredientes que utilizamos na preparação dos bolos”, explica Cachulo. Ele diz que Campinas é uma cidade estratégica para a rede, devido à sua grande importância. “Nosso estudo de geomarketing apontou que é possível abrir quatro lojas na cidade, uma das principais do interior paulista”, revela.

Sobre a “Vó, quero bolo!”
Nascida em 2013, a “Vó, Quero Bolo!” possui seis lojas próprias e está iniciando seu processo de expansão por franquias. As lojas estão instaladas nos bairros de Pinheiros, Moema, Vila Olímpia, Vila Nova Conceição, Itaim Bibi e Jardins, todos bairros da capital paulista.

O diferencial da marca é oferecer bolos e outros produtos realmente caseiros. Para isso, não trabalha com massas prontas, corantes, estabilizantes, conservantes, aromatizantes ou ingredientes artificiais, mas apenas com produtos naturais.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias de doces , Vó, Quero Bolo , Franquias de bolos