Evento em São José dos Campos dará desconto para interessados em investir em food trucks

Publicado em 22/09/2015 por Imprensa

Na contramão da crise econômica que afeta o País, o mercado de food trucks continua em plena expansão e já representa a fonte de renda de 2% da população brasileira, segundo estudo do Sebrae realizado neste ano. Para estimular ainda mais os empreendedores a investirem nesse modelo de negócio, a Truckvan, líder brasileira no mercado de soluções sobre rodas, dará 10% de desconto para os interessados em comprar restaurantes móveis durante o evento Portões Abertos DCTA, organizado pelo Grupo Agenzia, que acontecerá nos dias 3 e 4 de outubro, no Aeroporto de São José dos Campos, no interior de São Paulo. Para atender ao público, estimado em 30 mil pessoas por dia, estarão reunidas 15 unidades produzidas pela empresa, entre elas o Wafeels Good Truck, o primeiro food truck da cidade.


“Com as incertezas da nossa economia atual, os empresários precisam se adaptar às novas tendências, e os food trucks têm a vantagem da mobilidade, de ir até o consumidor, promovendo a marca e conquistando novos clientes a cada evento, além de não ter que pagar aluguel de um estabelecimento fixo e só precisar de, no máximo, seis funcionários para a operação”, destaca Alcides Braga, sócio-diretor da Truckvan.


Segundo o executivo, o investimento em um food truck completo com equipamentos de cozinha e veículo inclusos gira em torno de R$ 250 mil, sendo que o trabalho de customização da Truckvan varia entre R$ 75 mil e R$ 85 mil e o prazo, em média, para entrega do food truck é de 60 dias, após a aprovação final do projeto pelo cliente. Com o setor aquecido, a Truckvan aposta em sua experiência de 23 anos na customização de veículos para diversas áreas e em sua ampla estrutura fabril, com especialistas em engenharia, elétrica, hidráulica e mecânica, para fabricar food trucks de acordo com a necessidade de cada cliente.


“Como diferencial, os food trucks da Truckvan possuem sistema com sensor sonoro que detecta qualquer tipo de vazamento de gás e ART (anotação de responsabilidade técnica), que garante à sociedade que o projeto foi desenvolvido por um profissional habilitado, seguindo todas as normas de segurança, vigilância sanitária e boas práticas”, conclui Braga.


Investimento da Truckvan em food trucks
A Truckvan começou a investir em food trucks em maio de 2014, quando a lei que regulariza o comércio de comida de rua foi aprovada pela Prefeitura de São Paulo. A empresa fechou 2014 com 20 modelos entregues e 10 em produção e faturou cerca de R$ 2 milhões só com esse nicho de mercado. Para 2015, a fabricante pretende produzir, em média, oito unidades por mês e faturar cerca de R$ 12 milhões.


Cases da Truckvan
A empresa produziu food trucks que têm feito sucesso em eventos, como Calçada, La Polenta, FamiLee, El Favorito, Big X Picanha, Ana Maria Brogui e Truck da Roça, entre outros. Além disso, a Truckvan fabricou as duas cozinhas móveis que foram usadas para a disputa do reality show Food Truck – A Batalha, do canal GNT; fez a reforma da kombi do Samuca’s Dog para o quadro Lata Velha, do Caldeirão do Huck; e disponibilizou sua unidade própria para o projeto Feed Truck, criado pela agência de propaganda Africa Rio para a ONG Make Them Smile, em uma ação social que levou comida para moradores de rua do Rio de Janeiro.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias em food trucks , Truckvan