Cuiabá (MT) recebe primeira unidade da Acesso Saúde

Publicado em 22/03/2016 por Imprensa

A cidade de Cuiabá (MT) vai receber a primeira unidade da Acesso Saúde - ​sistema de atendimento médico sem mensalidade, que oferece consultas e exames por meio de sua rede de clinicas, para a população que não conta com plano de saúde -, neste mês de março.


Com uma população estimada em mais de 580 mil pessoas, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Cuiabá apresenta uma alta demanda na área da saúde e se constitui em uma das principais cidades no Plano de Expansão da marca.


“Queremos levar atendimento médico de qualidade, com preços acessíveis, para a população que não pode esperar pelo atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde)”, comenta Antônio Carlos Brasil, fundador da Acesso Saúde.


Com mais de 30 especialidades, a Acesso Saúde oferece aos pacientes consultas e mais de 1.200 tipos de exames, além de serviços odontológicos, de psicologia, nutrição, fisioterapia e fonoaudiologia, sem cobrança mensal. As consultas na rede custam a partir de R$ 73 e os exames R$ 4,78 (glicemia).


Voltada para o público que não pode arcar com os custos dos planos de saúde, a empresa oferece a possibilidade de parcelamento em até seis vezes, para serviços com valores acima de R$ 100, com parcela mínima de R$ 50.


O médico Luiz Ioris e seu irmão André Ioris serão os empreendedores responsáveis pela unidade de Cuiabá. “Conhecemos os serviços da Acesso Saúde no Paraná, e chamou a nossa atenção a qualidade do atendimento médico prestado e o modelo de negócio da empresa”, comenta Luiz.


O segmento escolhido pelos dois empreendedores é apontado como promissor, já que apenas 28% da população brasileira conta com convênio médico, de acordo com dados divulgados pelo IBGE, em 2015. A expectativa é que a unida atenda cerca de 5 mil pessoas no primeiro ano de operação.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Novas unidades franqueadas , Franquias , Franquias de saúde , Plano de expansão , Acesso Saúde