Como franqueadoras estão auxiliando franqueados no momento de crise

Publicado em 30/03/2020 por Imprensa

A isenção de taxas é uma das principais iniciativas no varejo

A pandemia gerada pelo novo coronavírus vem provocando impactos em todas as áreas comerciais e com o varejo não poderia ser diferente. As redes de franquia já sofrem os efeitos da crise, que acomete, consequentemente, os franqueados e funcionários. Com este cenário, as empresas começaram a tomar medidas para conseguir passar por esta fase sem prejudicar os envolvidos.

Confira as estratégias de três franqueadoras.

OAKBERRY

Com o objetivo de oferecer suporte aos 140 franqueados, a OAKBERRY , rede de alimentação saudável focada em açaí, isentou 100% dos royalties de todas as unidades até março, podendo ser prorrogado se o isolamento social persistir. A cobrança do Fundo de Propaganda não foi feita no mês de março e está suspensa até que o mercado demonstre retomada. Também foi preparado um comunicado para todos os administradores de shopping centers e imóveis onde estão as unidades, notificando, de forma extra judicial sobre o não pagamento dos aluguéis por caso de força maior. Outra providência foi a realização de uma rodada de negociações com todos os fornecedores, prorrogando prazos e reduzindo cobranças. Além disso, a empresa desenvolveu um "Gabinete de Crise", que tem como propósito analisar as novidades e comunicar a rede sobre assuntos relacionados ao tema. Por fim, todas as estratégias de marketing estão focadas 100% em ações voltadas para o delivery.

• BomCupom

A BomCupom , rede de microfranquia que conecta consumidores com estabelecimentos locais, e que possui 120 franqueados lançou a campanha #ConsumaLocalmente nas redes sociais com o propósito de estimular o comércio regional. Também isentou os royalties dos próximos dois meses e alinhou com todos os responsáveis pelas franquias a participação na campanha e focarem seus esforços em propagar a base de anunciantes de cada região. Foram, também, implementados webinários internos com o intuito de disseminar informações sobre os impactos do coronavírus. Além disso, a empresa disponibilizou gratuitamente espaços no aplicativo para todos os franqueados, porque dessa forma é possível alimentar uma relação duradoura com potenciais clientes.

• V4 Company

Para auxiliar os mais de 80 franqueados, a V4 Company , assessoria de marketing que aprimora e potencializa o processo de vendas pela internet, está realizando diversas ações. Visando a urgente necessidade de demanda, a empresa criou estratégias de marketing de alta velocidade, implementando um processo de vendas em 48h para os negócios voltarem a vender de maneira ágil. Essas estratégias consistem principalmente em utilizar as redes sociais e o Google para gerar uma demanda rápida, majoritariamente por canais de comunicação como Whatsapp, Messenger e Instagram. Além disso a V4 Company preparou uma "sala de guerra" onde estão ocorrendo reuniões periódicas para trocar informações entre os franqueados e trazermos estratégias novas para todos os clientes.

I wanna sleep

A I wanna sleep , retail tech focada em sono e relaxamento acaba de criar um novo conceito: a loja física online (LFO). A marca, que em 2017 entrou para o mercado de franquias, passa agora suas lojas para o ambiente digital, ou seja, cada loja ganhou um e-commerce dedicado a venda de colchões, travesseiros, chinelos massageadores, chás, borrifadores que induzem o sono, entre outros. Neste novo formato, o atendente da loja é quem tira o produto de estoque, embala a mercadoria e, posteriormente, coloca no delivery. Segundo Rafael Moura, fundador e CEO da marca, o novo modelo veio para atender a demanda de clientes e também tornou o processo de compra e venda mais rápido e próximo, o que garante uma boa experiência e proximidade com o consumidor.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: OakBerry Açaí Bowls , Bom Cupom , V4 Company , I Wanna Sleep