Comerciante Tocantinense aposta em vending machines para potenciar lucro

Publicado em 18/11/2019 por Imprensa

Microempresário no segmento do varejo, Thayson Deveza resolveu complementar a renda mensal adquirindo uma microfranquia de vendas automáticas

Segundo a Associação Brasileira de Franchising, as microfranquias tiveram um ritmo de crescimento superior à média geral do setor em 2018. A modalidade cresceu 8% no último ano, com um salto no número de marcas de 545 em 2017 para 589 no ano passado. Acrescentam às estatísticas todas as demais franquias que possuem modelos com investimento abaixo de R$ 90 mil, valor que a ABF considera como o teto das micros. Embora soe alto para o empreender, há opções bem mais acessíveis, como é o caso da Mr.Kids, rede de vending machines com produtos voltados para o público infantil, com investimento inicial de R$18.700 mil.

A Mr. Kids é uma franquia home based e, portanto, é ideal para pessoas que exercem outras atividades, mas tem um tempo extra e quer complementar a renda mensal. E foi pensando exatamente nisto que o comerciante de Palmas (TO), Thayson Deveza, começou a operação na rede no início do ano e, feliz, conta que já tem os resultados esperados.  O novo franqueado seguiu os passos do pai empreendendo desde cedo no varejo, mas procurava um novo negócio que pudesse, ao mesmo tempo, conciliar com a rotina de trabalho atual e aumentar os rendimentos mensais.

“Há uma grande facilidade em operar a franquia, e o gerenciamento dos equipamentos pode ser feito em horários flexíveis”, conta Deveza. “A Mr. Kids não cobra royalties, um dos fatores que me fez decidir pela marca. Isso é um diferencial, já que os franqueados não tem esse custo extra mensal, o que pode atrapalhar principalmente no começo do negócio”, ressalta.

Deveza destaca a parceria que a Mr. Kids tem com grandes atacadistas e varejistas, permitindo  a implementação do negócio em pontos interessantes, com grande circulação de pessoas e sem burocracias. “Quem atua no varejo sabe a dificuldade que é ter acesso às redes maiores. Nesse caso foi diferente, pois a franqueadora já tem pontos pré-aprovados e me apresentou as opções. Para quem está começando, isso já é a metade do caminho para o sucesso”, aponta o executivo.

Há oito meses como franqueado da rede, ele já administra equipamentos em sete pontos de venda, como mercados, aeroportos e até em um centro gastronômico em Palmas. “Estou planejando inclusive inaugurar novos pontos na capital”, finaliza.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias home based , Microfranquias , Mr. Kids , Máquinas de autoatendimento , Franquias de máquinas de autoatendimento