Clínica da Cidade projeta abrir 15 franquias em 2019

Publicado em 10/05/2019 por Imprensa

A previsão é aumentar o faturamento em 35%

Com três unidades próprias e oito franquias, a Clínica da Cidade projeta expandir sua atuação em cidades do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Para 2019, a expectativa é inaugurar mais 15 novas unidades da rede, reforçando o conceito de medicina acessível e humanizada.

Com mais de 20 especialidades médicas e mais de três mil tipos de exames de laboratórios oferecidos, a Clínica da Cidade realiza mais de 33 mil atendimentos por mês. Para expandir os negócios, a marca investe em tecnologia e aposta no mercado mais confiante e crescimento do consumo da classe C.

Segundo o diretor executivo da marca, Rafael Teixeira, a alta no valor dos convênios médicos, influenciada principalmente pelas intervenções constantes da ANS, obrigam cada vez mais as empresas a não optar pelo benefício do plano de saúde aos colaboradores. Além disso, há cada vez menos opções de operadoras interessadas em oferecer este serviço a pessoas físicas, aliado ao descontentamento dos usuários de planos de saúde que não encontram disponibilidade de agenda com especialistas, sendo comum a espera de mais de 40 dias para uma simples consulta. Estes são alguns dos fatores que geram aumento da demanda pelos serviços de medicina acessível. “O suporte de uma infraestrutura adequada e o grande know-how técnico oferecidos em todas as unidades da rede possibilitam ao paciente um atendimento de qualidade, com custo acessível, agendamento e atendimento rápido, com várias especialidades e exames no mesmo local, um dos grandes anseios da população nos dias de hoje”, comenta.  

Pioneira na adoção do conceito de medicina acessível no interior do Estado de São Paulo, a Clínica da Cidade nasceu em Campinas há 16 anos. Em 2017, a marca deu início ao plano de franquias e hoje conta com franqueados em Hortolândia, Jundiaí, Sorocaba, Sumaré, Americana, Piracicaba, Limeira e São Paulo. Em 2018, a marca registrou faturamento superior a R$ 15 milhões, um acréscimo de 30% em relação ao ano anterior. Para este ano, a previsão é aumentar 35%.

Além das consultas e procedimentos que custam até 70% menos se comparados à média do mercado de saúde particular, as unidades da rede contam com alta tecnologia desenvolvida para este tipo de negócio, o que garante praticidade, conforto e rapidez aos pacientes. O prontuário é unificado, os dados dos usuários são armazenados de forma segura em um dos principais servidores do mundo, o agendamento pode ser online via site, whatsapp ou aplicativo, e possuem sistema de chamada via totem e painéis eletrônicos sem necessidades de filas para serem atendidos com conforto e tecnologia. “A fidelidade do corpo clínico, a praticidade em conseguir um atendimento rápido tudo num só lugar, com espaços modernos e o ambiente acolhedor também garante um atendimento diferenciado e humanizado o que atrai cada vez mais pessoas a esse novo conceito ”, finaliza o diretor executivo.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de saúde , Clínica da Cidade