7 mitos e verdades sobre a depilação a laser

Publicado em 26/03/2020 por Imprensa

A Maislaser, uma das redes de clínicas de depilação a laser que mais cresce no país, esclarece as dúvidas que rodeiam esse procedimento

A depilação a laser surgiu na década de 1970 e, de lá para cá, a tecnologia dos aparelhos evoluiu, garantindo mais segurança e eficiência no tratamento. Durante todos esses anos, a falta de informação – ou mesmo a desinformação –, fez com que surgissem muitas questões em relação ao assunto. Para esclarecê-las, a Maislaser, uma das redes de clínicas de depilação a laser que mais cresce no país, separou sete mitos e verdades que rodeiam esse procedimento dermatológico. Confira:

Quando feita no verão, a depilação a laser causa manchas. DEPENDE.

A depilação a laser pode ser feita em qualquer estação do ano sem que cause manchas na pele. No entanto, é necessário usar o protetor solar na região onde foi feito o procedimento para se proteger do sol.

É proibido fazer depilação a laser em áreas tatuadas. VERDADE.

O laser da depilação tem como alvo o pigmento e, no caso dos pelos, é a melanina. Dessa forma, ele também reconhece o pigmento da tinta da tatuagem, podendo remover ou estragar o desenho.

Durante períodos de calor, a depilação a laser causa mais incômodo. MITO.

A depilação a laser causa um pequeno desconforto independentemente da estação do ano. Algumas pessoas, no entanto, relatam que não sentem desconforto algum.

A pele não pode estar bronzeada para receber o tratamento. DEPENDE.

A pele não pode sofrer nenhum dano recente para receber o procedimento, mas se a pessoa tem o hábito de tomar sol com protetor solar, sem prejuízo da pele, hoje em dia existem equipamentos a laser, como os utilizados nas clínicas da Maislaser, que podem realizar o procedimento após sete dias.

A depilação a laser pode ser feita em qualquer tipo de pele. VERDADE.

Deve haver um contraste entre a cor do pelo e a cor da pele para o laser atingir o alvo e eliminar os pelos sem danificar a pele. Existem hoje no mercado diversas opções de lasers para atender todos os tipos de pele. No Brasil há o laser de diodo e laser Nd-Yag, que são eficazes para o tratamento até mesmo em peles negras.

É proibido tomar sol até 30 dias após a depilação a laser. MITO.

É possível tomar sol com protetor solar após sete dias. Porém, se a pessoa gosta de se bronzear, é recomendado esperar 30 dias e só então tomar sol.

Gestantes podem fazer depilação a laser. MITO.

Não existe nenhum artigo científico que relate alterações no feto, porém, por precaução os especialistas não recomendam.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de depilação , MaisLaser