Como resgatar seu negócio por meio da internet

Publicado em 27/07/2020 por Imprensa

Por José Rubens Oliva, CEO da rede de Marketing Digital Guia-se

Muito se fala em geração de conteúdo nas redes sociais, marketplace e outras plataformas que podem contribuir para o aumento das vendas de um produto ou serviço pela internet. A verdade é que em tempos difíceis como esse de pandemia, tais ferramentas podem ser importantes aliadas na gestão de um negócio.

Algumas ideias que abarcam o marketing digital podem corroborar para a ressignificação dos propósitos de uma empresa. A primeira delas é a atitude digital. Com a crescente de profissionais se destacando na internet, propõe-se o marketing de experiência – partindo da apresentação do produto em si para dicas de uso, combinação, cores, etc. Esses clientes são na maioria das vezes seduzidos por meio de publicações, stories e lives nas redes sociais ou através do tráfego pago, que se refere aos visitantes que chegam até um site, loja ou página por meio de anúncios publicitários. Ter atitude digital não é o mesmo que ter conhecimento em marketing digital, porque conhecimento você vai atrás. Já a atitude, te impulsiona.

A transformação digital é outro meio pelo qual é possível investir para a retomada de um negócio em declínio. Usar o tempo para transformar uma ideia, otimizar vendas, treinar time e rodar processos parados. Mudanças que repercutem em resultados. Já a colaboração é mais um item relevante e hoje, mais do que nunca, fundamental, pois além da parceria otimizar o trabalho utilizando o tempo em prol das nossas potencialidades, conseguimos também manter outros negócios em funcionamento. Dividir para multiplicar.

O momento nos trouxe uma verdade já presente, mas exposta em caráter de urgência: não tem como fugir do digital. Essa já era uma tendência que foi antecipada. O bom relacionamento com o cliente pode ser a chave para abrir caminhos. Entre uma compra e outra, deve-se tirar um tempo para trocar dicas com o seu consumidor, gerar conteúdo para fidelizar esse cliente e cada vez mais ter presença digital. Estar disponível dentro do mundo virtual é uma obrigação de cada empresa. O online passou a fazer parte do processo estratégico.

A questão da presença digital mencionada faz toda a diferença também para o time colaborativo. Levar informação em conjunto de forma que possa ser aplicada no negócio é um diferencial para a marca.

E parece que todas as estratégias já estão causando efeitos no mercado. De acordo com dados da MyCashback, plataforma digital de cashback, o tráfego de pagamentos e pedidos online aumentou em 200% nos últimos meses. Ou seja, pessoas que ainda não consumiam pela internet, passaram a consumir, e quem já consumia, passou a consumir mais. O momento exige que o profissional tenha mais do que nunca planejamento, determinação e criatividade para atender à mudança de comportamento no perfil de compra do consumidor.

E como você quer ser lembrado nessa crise? Tem um projeto engavetado?

Diversos negócios correram para o virtual e estão tendo um alto volume de vendas. O impulsionamento de fotos nas redes sociais tornou-se trivial. A forma de prospecção mudou e as lives são um caminho para converter os prejuízos em lucros. Muita gente passou a enxergar a internet como algo que desse resultado e, na retomada Pós-COVID, os negócios vão se reinventar. Quanto mais pessoas interagindo nos canais de comunicação, maior é o feedback. De fato, é um movimento que veio para ficar.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Guia-se