Sr. Sorvete inova e inaugura primeira unidade express

Publicado em 26/06/2017 por Imprensa

Para atingir novo público de consumidores e de franqueados, modelo tem custo reduzido em relação ao modelo convencional

A demanda por opções mais baratas de investimento tem motivado redes de franquias a investir cada vez mais em modelos express, mais compactos que os modelos tradicionais. Com o objetivo de oferecer um atendimento rápido ao consumidor final e também com valor de investimento reduzido ao franqueado, a Sr. Sorvete, rede de franquias de sorveterias de Itápolis, interior de São Paulo, está apostando neste novo formato de negócio. A primeira unidade nesse modelo será inaugurada em Taquaritinga, ainda neste mês de maio.

Percebendo que muitos consumidores não têm tempo para parar, sentar e tomar um sorvete, aliado ao fato de oferecer modelos com custo reduzido aos franqueados, o novo formato foi a solução encontrada para atender ambos os lados do negócio. A estratégia da Sr. Sorvete é oferecer um mix de sabores de sorvetes selecionados, disponibilizando para viagem, como picolés e potes de sorvete.

O modelo express tem valor de investimento inicial a partir de R$ 50 mil, ou seja, 60% a menos que no modelo convencional, e área mínima de 60m2. O formato ainda inclui uma média de 13 carrinhos de sorvete para que os franqueados possam vender os produtos não apenas na loja, mas leva-los até o consumidor, marcando presença em festas, parcerias com estabelecimentos, venda porta a porta etc.

De acordo com Daniel Bichiatto, presidente do Grupo Oportunidade, “o grande diferencial neste novo modelo de negócio são os carrinhos de rua. Nosso objetivo é aumentar o ticket de venda dos franqueados, com a presença em festas infantis, de casamento, aniversário, em empresas e até mesmo com o serviço delivery, resgatando um modelo antigo e muito utilizado no passado. Além disso, todo o formato foi muito bem estudado e estrategicamente pensado, inclusive no perfil dos funcionários a serem contratados”.

Com fácil administração, é possível operar o negócio com apenas dois funcionários, ideal para centros com grande circulação de pessoas, sendo um gerente e um operacional. A previsão de faturamento é acima de R$ 70 mil mensais, com margem de lucro de 20%. Na unidade de Taquaritinga, interior de São Paulo, a previsão é faturar R$ 50 mil, no primeiro mês; em até seis meses a expectativa é faturar R$ 100 mil; e dentro de um ano, trabalhando com as estratégias traçadas, chegar em R$ 150 mil/mês.

Criada em 2014 pelo chef gelatiere Leandro Sambini, de uma tradicional família sorveteira de Itápolis, a cidade do sorvete no interior de São Paulo, a Sr. Sorvete conta hoje com uma fábrica e mais seis unidades nos estados de São Paulo e Minas Gerais. No ano de 2016, o Grupo Oportunidade, holding de franquias, adquiriu parte da marca e hoje controla o departamento de expansão da rede.

“Estamos expandindo nossos negócios, pensando em formas de viabilizar o negócio para quem não tem tanto valor para investir, mas de forma padronizada e viável. Esse modelo express, que atinge um público diferente do que vai a uma sorveteria e normalmente passa um tempo ali, tomando taças, é o ideal. Temos certeza que será um grande sucesso e estamos prontos para inaugurar nossa unidade piloto ainda este mês, em Taquaritinga, cidade sede do Grupo”, finaliza Bichiatto.

Treinamentos e investimentos

Seguindo a proposta de investir em qualidade e diminuir os custos, a equipe da Sr. Sorvete recebeu o mestre sorveteiro Frederico Jardim Samora para um treinamento. Na ocasião, o time aprimorou seus conhecimentos sobre a lei da rotulagem e também sobre novas tecnologias de alimento que podem ser substituídas na produção e, dessa maneira, diminuir custos do produto.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquia, Franquias de sorveterias, Sr. Sorvete