Franchising segue imune à crise e às incertezas políticas

Publicado em 15/10/2015 por Imprensa

Setor teve aumento de 11,2% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, estimulando mais empresários a investirem nesse modelo de expansão

O setor de franchising, que contribui diretamente para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil é um exemplo nítido de que, com bom planejamento e uma pitada de ousadia, é possível se fortalecer para enfrentar as incertezas econômicas e políticas.


A prova disso está em relatório recente divulgado pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), mostrando que o setor teve aumento de 11,2% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, totalizando R$ 63,8 bilhões ante R$ 57,4 bilhões registrados nos seis primeiros meses de 2014.


Parte desse montante tem beneficiado diretamente São José do Rio Preto (SP), já que a cidade é a nona no ranking do Estado de São Paulo, representando 15% do franchising. De olho nesse clima de otimismo, Aristides Ianelli Júnior, proprietário da Estagilize – uma das principais agências de recrutamento de estagiários de São José do Rio Preto (SP) – apostou no sistema de franquias para expandir o seu negócio e ampliar a sua receita.


“Há sete anos estudo o modelo de franchising para aplicar na Estagilize, mas agora é que me senti seguro para lançar essa franquia no mercado”, conta Ianelli Júnior. “É no momento de crise que o setor de franquias cresce. Há muita gente procurando caminhos que tragam segurança, como é o caso das franquias, que já contam com processos testados”, avalia.


Ainda de acordo com o proprietário da Estagilize, outra vantagem na escolha de uma franquia de serviços é que o franqueado entra com o investimento inicial e sua força de trabalho, sem necessidade de compra de estoque, como existe nas franquias de varejo. “O custo fixo é baixo, o que garante alta rentabilidade e segurança”, ressalta.


Outro empresário que seguiu o caminho de franchising foi Matheus Belentani, diretor da Tia Sô Mini Delícias. A marca, que oferece no cardápio mini-salgadinhos doces e salgados, tornou-se franqueadora há quatro meses e já conta com três franquias em Rio Preto e outras duas em fase final para inauguração. “A crise não tem atrapalhado nosso crescimento – muito pelo contrário, abrimos outras duas franquias na região e temos mais quatro em negociação”, atesta Belentani.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Franquias novas , Estagilize , Tia Sô Mini Delícias