Academia Washington Franchising mira expansão no Sul e Sudeste do País

Publicado em 23/02/2018 por Imprensa

Rede de franquias de escola de inglês tem metas ambiciosas para 2018

A Academia Washington Franchising, rede de franquias de escolas de inglês, nasceu em 1963, em Arapongas, no interior do Paraná e hoje conta com mais de 60 unidades pelo Brasil. O segredo do sucesso da franqueadora foi apostar em cidades do interior, locais nos quais muitas vezes a população não tem uma escola de inglês de qualidade por perto e precisava se deslocar para outros pontos e investir no aprendizado de um segundo idioma. 

Segundo dados da Eurobarometer, no Brasil apenas 2% da população é fluente em inglês, porém, segundo o IBGE, 54% tem condições econômicas de adquirir um curso de idiomas. O modelo de negócios oferecido pela Academia Washington Franchising visa expandir o conhecimento, levando escolas para mais cidades e estados. “Nosso modelo de negócios é verdadeiramente enxuto de investimentos e gastos e isso permite que cidades do interior e de poucos habitantes sejam muito bem sucedidas. Temos exemplos de franqueados que começaram em cidades de 5 mil habitantes e hoje já contam com três escolas. Com poucos alunos o negócio já se torna lucrativo”, conta Siddhartha Costa, diretor executivo da Academia Washington Franchising

Agora, após se consolidarem no interior, a Academia Washington Franchising traça planos e metas ousadas para 2018. “Queremos levar nossas escolas e nossa qualidade para o maior número de locais, atingindo as grandes cidades da região Sul e Sudeste do País”, explica Siddhartha. Para este ano, a rede tem como foco de expansão os estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais. 

O foco da rede é seguir disseminando cultura e conhecimento por meio de novas unidades pelo Brasil. Com metodologia de ensino e material didático próprios, criados por Luis Octávio da Costa, fundador da escola, a rede oferece materiais exclusivos para franqueados e alunos para justificar o slogan A Washington faz o que ninguém faz. As escolas incentivam as experiências extracurriculares com atividades fora da sala de aula e aulas com músicas ou séries. “Trabalhamos em uma área que não sofre tanto os impactos da crise, já que as pessoas investem em educação. Hoje é fundamental saber inglês e a nossa metodologia apresenta rápidos resultados”, finaliza o diretor executivo. 

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias , Plano de expansão , Franquias de idiomas , Franquias de educação , Crescimento da franquia , Academia Washington